Em São Bernardo Homem é baleado por se incomodar com carro de campanha


Um crime chocou e revoltou a população de São Bernardo, a 371 Km de São Luís. Após uma confusão, Fernando Pereira da Silva, de 30 anos foi atingido com quatro tiros, dentro de sua própria casa, localizada no bairro Faveira.

A irmã da vítima, Francinete Pereira da Silva, de 27 anos, informou que a confusão teria começado por volta das 16h, quando Fernando, que segundo ela, sofre de problemas mentais, teria ficado impaciente com um carro de som da campanha de um candidato a prefeito da cidade, que passava próximo da casa dele.

De acordo com Francinete, Fernando não gosta das músicas da campanha política e quando viu o carro teria mandado eles pararem a música. Depois disso, a vítima teria pegado uma pedra e atirado contra o carro. Como o veículo continuasse,Fernando voltou a atirar outra pedra.

Ao perceber que o carro teria sido atingido pela segunda vez, dois homens que, segundo a irmã de Fernando, fazem segurança para o candidato a prefeito, teriam parado o carro e teriam partido para cima de Fernando.

A vítima então teria corrido, sendo seguida pelos seguranças até a residência do mesmo.

"Meu irmão entrou em casa e fechou a porta. Eles chegaram batendo na porta e mandando abrir. Ao perceber que nós não íamos abrir, eles arrebentaram a porta, entraram na nossa casa e atiraram no meu irmão dentro do quarto dele", relata a irmã.

Os tiros atingiram o abdômem, a perna e o braço de Fernando. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Muncipal Felipe Jorge e em seguida foi transferido para a cidade de Parnaíba, no Piauí, a 188 Km de São Bernardo. De acordo com a irmão, o estado dele é grave.

Familiares e amigos de Fernando e outros populares, foram até a frente do hospital acompanhar o estado de saúde do mesmo e protestar contra o ocorrido e depois que a vítima foi transferido para Parnaíba, encaminharam-se para a frente da Delegacia de Polícia da cidade e continuaram a manifestação.

"Meu irmão não é bandido. Ele é doente e apenas estava irritado com o barulho do carro de som. Esse homens invadiram nossa casa e fizeram isso com meu irmão, mesmo que nós tivéssemo pedido para eles não fazerem. Quero justiça!", desabafa Francinete.

Os familiares de Fernando registraram Boletim de Ocorrência na delegacia e os dois seguranças foram interrogados pelo Cabo Willian da Polícia Militar de São Bernardo.

A reportagem de O Imparcial entrou em contato com a Delegacia de Polícia de São Bernardo, mas ninguém atendeu as ligações.


Gostou da matéria? Então compartilhe!

  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...

Nenhum comentário :

Comente a matéria

Sua participação é muito importante para nós.

Scroll to top